Casal é preso suspeito de maltratar autista até a morte em Ponta Grossa

Suspeitos foram presos na sexta-feira, dia 18 (Foto: Fábio Dias/EPR/Divulgação)

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu preventivamente um casal suspeito de matar um jovem com autismo em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais. A vítima tinha 19 anos. Foram presos preventivamente na sexta-feira (18) o padrasto da vítima, de 38 anos, e a mãe, de 36.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, as investigações mostraram que o jovem era mantido em um quarto com o teto mofado, sem iluminação e com diversas infiltrações. De acordo com as investigações, a mãe e o padrasto do jovem ainda o amordaçavam quando ele tinha crises, afirmou a assessoria da PCPR. Os suspeitos foram encaminhados para a delegacia em Ponta Grossa.

As informações estão em matéria publicada previamente no site da Polícia Civil do Paraná.

– A publicação de uma informação repassada por um órgão oficial não significa endosso e estamos abertos ao contraditório;

– A publicação tem como mero objetivo a divulgação de uma informação que pode ser de interesse público;

– Nenhum dos envolvidos foi julgado ou condenado;

– Confiamos no devido processo legal e somos contrários a pré-julgamentos, ofensas e tribunais de internet.