Número de mortos em Petrópolis chega a 176 e 100 pessoas estão desaparecidas

Até a noite de domingo, 114 corpos foram sepultados em Petrópolis (Foto: Marcelo Frazão/Agência Brasil)

O número de mortes provocadas pela chuva da última semana em Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, chegou a 176 nesta segunda-feira (21), segundo informações do Corpo de Bombeiros do Rio. Os bombeiros resgataram 24 pessoas com vida.

Segundo a prefeitura de Petrópolis, 114 corpos tinham sido sepultados até a noite de domingo (20). O trabalho de identificação e liberação de corpos continua sendo feito pelo Instituto Médico Legal (IML). Também estão sendo procurados mais de 100 desaparecidos.

O temporal mais forte caiu no dia 15 de fevereiro, mas desde então a chuva voltou a atingir a cidade em diversas ocasiões. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão para hoje é de pancadas de chuva ao longo do dia.

Neste domingo, a Defesa Civil de Petrópolis acionou, no fim da tarde, as sirenes do primeiro distrito, além de emitir avisos por SMS e grupos de comunicação por aplicativo. O primeiro distrito envolve a parte mais densa da cidade e os bairros já atingidos pelos deslizamentos de terra e enchentes do dia 15, como Alto da Serra, Bingen, Quitandinha, Valparaíso e centro.

  • Esta matéria foi publicada originalmente pela Agência Brasil.